Notícias

Notícias - Imagem

24 novembro 2015

ONU divulga tendências para os próximos anos sobre a gestão da informação geoespacial

 

Lançado em dezembro/2015, o relatório produzido pelo Comitê de Especialistas da ONU em Gerenciamento Global da Informação Geoespacial (UN-GGIM), intitulado “Future trends in geospatial information management: the five to ten year vision”, em sua segunda edição, traz visões de especialistas de membros da ONU, além empresas e Universidades a respeito das áreas de crescimento e desenvolvimento em mapeamento, geotecnologias, informação espacial e métodos no prazo de 5 a 10 anos.

Disponível em diversas línguas (incluindo inglês e espanhol), você encontra o relatório completo, de leitura objetiva e ricamente ilustrado, no site oficial.

Os principais capítulos englobam os temas Smart Cities e a Internet das Coisas; Inteligência Artificial e Big Data; Posicionamento e mapeamento de áreas internas (indoor); Integrando dados estatísticos e informação geoespacial; computação em nuvem, padrões e dados abertos além de privacidade.

O investimento em informação geoespacial [por países e governos] gera retornos muito além dos investimentos – sejam econômicos, políticos e/ou sociais.

O trabalho também aponta que a discussão sobre informação geoespacial deve estar presente na Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.