Últimas notícias

 
 

 Detalhes da Notícia

 

Imagem promove palestra e mini curso no IV Workshop sobre a Utilização de SIG na Análise Ambiental

13/11/2012

Entre os dias 7 e 9 de novembro, a Imagem participou do IV Workshop sobre a Utilização de SIG na Análise Ambiental, iniciativa promovida pelo Instituto Ambiente em Foco, que aconteceu na Escola de Engenharia de Piracicaba, em São Paulo.

A equipe da Imagem foi palestrante e também ministrou um mini curso sobre mapeamento de índice topográfico como subsidio para identificação de áreas de riscos em bacias hidrográficas e gestão geográfica colaborativa dos processos de adequação ambiental utilizando ArcGIS Online. 

No curso, os participantes puderam se atualizar sobre as técnicas avançadas de mapeamento e as novidades no Sistema ArcGIS aplicado aos processos de análise e adequações ambiental.

Veja a seguir os depoimentos de alguns dos participantes:

curso.jpg
Participantes do mini curso promovido pela Imagem.
 
“Na TNC, o ArcGIS é o software padrão para nossas aplicações CarGeo, CarbonoGeo e LegalGeo. O Cargeo busca facilitar a identificação de Áreas de Preservação Permanente (APP) e Reserva Legal (RL), orientando de maneira simplificada a regularização de passivos e, quando necessário, apresentando planos de recomposição de áreas desmatadas. O CarbonoGeo é utilizado para análise temporal de imagens e possibilita a identificação de áreas para projetos de carbono em algumas regiões. O LegalGeo é uma ferramenta para ajudar os proprietários na regularização das áreas de RL (Reserva Legal). Eu atuo na Equipe de Ciências da TNC, lá desenvolvo metodologias como a do produtor de água, que visa desenvolver projetos de PSA (Pagamentos de Serviços Ambientais). Em relação ao uso ArcGIS na TNC todas as unidades utilizam o ArcGIS, nosso planejamento estratégico contempla a utilização da solução Esri. Em breve, implantaremos o ArcGIS SDE como grande passo para trabalharmos de forma integrada e com facilidade de acesso as bases, que hoje estão fragmentadas entre os escritórios” - Regiane Kock, Engenheira Floresta do TNC

"O mini curso foi ótimo! Vou buscar utilizar em diversos projetos a metodologia de mapeamento do índice topográfico utilizando ArcGIS. Considero o ArcGIS Online e seu potencial de utilização uma revolução que vai permitir a disponibilidade de dados com maior desempenho. No caso da Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo, onde trabalho, utilizamos o ArcGIS Desktop. Agora conhecendo melhor o ArcGIS Online considero um importante recurso a ser utilizado na instituição que irá nos ajudar muito nas atividades de identificação de áreas e planejamento de ações" - Edimilson Volpi, Especialista de Planejamento Ambiental na Secretaria de Meio Ambiente do Estado de São Paulo

“A Geotecnologia é indispensável para manutenção dos biomas que são muito grandes e dinâmicos no seu interior. Usar a geotecnologia é fundamental para entender e monitorar os processos bem como para intervir neles seja de maneira proativa, fomentando políticas que melhorem a manutenção dos biomas para correção dos passivos ambientais. Eu diria que sem Geotecnologia nós não melhoramos nosso planejamento territorial dos biomas” - Arnaldo Carneiro, da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência -Subsecretaria de Desenvolvimento Sustentável

"Agradeço a presença da Imagem como parceira em nosso evento. O mini curso oferecido teve dois momentos muito importantes. Primeiro a abordagem pratica teórica e depois a prática da aplicação com os participantes acerca da utilização do ArcGIS que é uma plataforma extremamente consolidada para geoprocessamento. Criar esta oportunidade foi muito positivo para os diversos participantes de diferentes Estados do país que vieram buscar atualização em nosso evento. Atualizar os participantes dos diferentes setores público, privado, terceiro setor e profissionais que atuam nas universidades e trazer novas tecnologias como base para projetos ambientais é o principal objetivo do Instituto Ambiente em Foco” - Rafael Navarro, Diretor Executivo do Instituto Ambiente em Foco

“A participação no evento muito positiva! Atuo no Instituo Soma que está localizado em Bauru e, atualmente prestamos serviços para o Instituto Florestal de São Paulo. Nossa equipe utiliza o ArcGIS para projeto de regularização fundiária do Parque Estadual da Serra do Mar, desenvolvendo atividades de planejamento dos trabalhos de campo, análise de documentação fundiária e georreferenciamento de propriedades rurais” - Marcel Damico, Geógrafo do Instituto Soma

“As tecnologias de Geoprocessamento são fundamentais para nosso trabalho porque favorecem e facilitam a fiscalização preventiva e pós dano ambiental. Além disso, nos ajudam a monitorar as áreas de preservação permanente e áreas de unidades de conservação do Estado” - David Vieira, Especialista Ambiental na Secretaria de Estado do Meio Ambiente do Estado de São Paulo