Últimas notícias

 
 

 Detalhes da Notícia

 

Entrevista - "O Poder do G: GIS, Inteligência Geográfica e o Mercado de Trabalho"

04/04/2013

gabriela-foto.jpg
 
A equipe de Comunicação da Imagem realizou uma entrevista com Gabriela Ippoliti, Líder de Educação na Imagem e profissional inserida em diferentes segmentos do mercado de Sistemas de Informações Geográficas durante os últimos 18 anos. Neste bate papo, Gabriela desvenda algumas perspectivas da evolução do mercado de trabalho para os profissionais especialistas em GIS e discorre sobre as principais competências que estes profissionais devem desenvolver em um mundo tecnológico de rápida transformação.
 
Comunicação Imagem: Inteligência Geográfica e GIS, pilares para ação?
Gabriela Ippoliti: A Inteligência Geográfica é um veículo do pensamento do homem, que lhe permite se expressar e resolver problemas por meio do conceito do espaço e das suas propriedades como dimensão, continuidade, proximidade e adjacência. INTELIGÊNCIA GEOGRÁFICA: UM VEÍCULO PARA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS DO MUNDO. Neste sentido, o conceito de Inteligência Geográfica, surge com o próprio homem e amadurece com ele. Os nossos antepassados, utilizavam inteligência geográfica para tomar decisões críticas que significavam a sua sobrevivência ou a sua morte. No mundo digital de hoje, aplicamos a Inteligência Geográfica para resolução de problemas do mundo cada vez mais complexos, usando os Sistemas de Informações Geográficas como instrumentos essenciais. O GIS é um instrumento essencial para aplicação da Inteligência Geográfica na resolução de problemas do mundo cada vez mais complexos. A INTELIGÊNCIA GEOGRÁFICA E O GIS PERMEIAM TODAS AS ESFERAS MODERNAS DE TOMADAS DE DECISÃO, ENCURTANDO O CAMINHO PARA A AÇÃO.
 
Comunicação Imagem: Inteligência Geográfica e o GIS são relevantes nas organizações de todo tipo
Gabriela Ippoliti: A aplicação de Inteligência Geográfica por meio do GIS permite responder a uma variedade de questões relacionadas com o nosso mundo real, em praticamente todas as áreas de conhecimento: Onde estão os meus clientes potenciais? Onde explorar e extrair determinado tipo de recurso natural? Quais áreas da cidade são mais vulneráveis a desastres naturais? Onde deveria alocar uma escola? Quais são as áreas com maior vocação para instalação de indústrias?... Hoje o GIS beneficia as organizações de todos os tamanhos e de todos os tipos: empresas e governo. O GIS TEM SE TORNADO UMA PLATAFORMA PARA AS ORGANIZAÇÕES. As organizações de todo tipo tem experimentado que a abordagem espacial nos seus fluxos de trabalho é algo “mais do que interessante”, é uma abordagem que demonstra maior eficiência e produtividade e alto retorno de investimento. Ao longo da minha experiência, tenho observado os benefícios do GIS nas organizações em áreas tais como diminuição de custos e aumento de eficiência, melhoria da tomada de decisão, melhoria da comunicação e melhoria na gestão como um todo...AS ORGANIZAÇÕES DE TODO TIPO TEM DESCOBERTO O PODER DO G!
 
Comunicação Imagem: Papel dos Profissionais GIS nas organizações
Gabriela Ippoliti: Primeiramente, eu gostaria definir o “Profissional GIS” como aquele com competências tais que possibilitam que “O Poder do G” seja explorado em organizações de todo tipo. O principal papel desses profissionais nas organizações é trazer uma nova dimensão de poder para a resolução de problemas e a otimização de decisões: a dimensão geográfica. OS PROFISSIONAIS GIS COLOCAM PARA FUNCIONAR “O PODER DO G” NAS ORGANIZAÇÕES, INSERINDO A DIMENSÃO GEOGRÁFICA NOS PROCESSOS E NAS TOMADAS DE DECISÃO.
 
Comunicação Imagem: E sobre as competências dos Profissionais GIS?
Gabriela Ippoliti: Eu tenho observado que existe uma matriz comum nos Profissionais GIS: SÃO PESSOAS APAIXONADAS PELO PODER QUE A GEOGRAFIA TRAZ PARA A AÇÃO E COLOCAM ISTO EM PRÁTICA! Além deste componente essencial, fundamental e único, outros componentes se adicionam nos perfis destes profissionais, com distinta intensidade: componentes técnicos, de negócio, analíticos e comportamentais. Mas, eu gostaria ressaltar um aspecto que entrelaça todos os anteriores: o pensamento criativo. O pensamento criativo é um diferencial nestes profissionais e abre um universo de possibilidades unido às capacidades oferecidas pelo GIS.
 
Comunicação Imagem: E sobre a oferta de trabalho para os Profissionais GIS?
Gabriela Ippoliti: Hoje temos um cenário no qual a atuação dos profissionais é fértil tanto nas empresas privadas quanto nas organizações públicas e acadêmicas; as oportunidades vêm aumentando aliadas a novas exigências de qualificação profissional e constante necessidade de emprego da geografia. O MERCADO DE TRABALHO ESTÁ CRESCENDO, JUNTO COM A DESCOBERTA DO PODER DO G PELAS ORGANIZAÇÕES DE TODO TIPO. Desta forma, as empresas e instituições vêm apresentando demanda por profissionais para atuarem no emprego direto e indireto da geografia sempre buscando suprir um melhor entendimento dos processos de negócios tais como: planejamento de investimentos, levantamento de recursos, gerenciamento dos ativos, produção e ordenamento territorial, entre outros...O GIS é uma Plataforma profissional: Motivo vocês a se engajarem nessa plataforma!