Últimas notícias

 
 

 Detalhes da Notícia

 

Confira como foi o GIS Day promovido pelo IFES

29/11/2012

IMG_0414.JPG

Na última sexta-feira, 23 de novembro, o IFES (Instituto Federal do Espírito Santo), Campus Vitória, comemorou o GIS Day 2012 celebrando com alunos, professores e profissionais do mercado seu engajamento com o GIS e a Geografia.
 
Durante a manhã, os alunos puderam assistir à palestra “Conectados ao mundo pela Geografia”, apresentada por Humberto Fligliuolo, Líder de Marketing da Imagem, que mostrou as principais tendências do Sistema de Informações Geográficas - GIS - e as possibilidades do mercado de trabalho de geotecnologia no Brasil. Ele também apresentou as capacidades do ArcGIS Online, aplicativo Web da Esri que permite a gestão de dados e compartilhamento de informações geográficas tanto na versão gratuita como na versão comercial. Para criar uma conta gratuita e começar a utilizar, acesse: http://www.arcgis.com/home/
 
“Gostei muito, pois pudemos observar que o GIS faz parte do nosso mundo; por exemplo, é fantástica a possibilidade de espacializar os pontos a partir dos comentários nas mídias sociais a respeito de determinado assunto. Vimos que qualquer pessoa pode trabalhar com os seus dados via ArcGIS Online e participar de uma rede geoespacial, sem necessidade de adquirimos um software específico” afirmou um dos participantes do evento, Gilmar dos Reis Leite (Coordenador de Informações técnicas da Prefeitura de Cariacica).
 
Já Gabriela Ippoliti, Líder de Educação da Imagem, ministrou a palestra “O diferencial do “G”: GIS, Geotecnologia, Geoprocessamento e o Mercado de trabalho”, apresentando aos estudantes os diferenciais para inserção dos futuros profissionais no mercado de trabalho. A palestra buscou aproximar os alunos do IFES às demandas do mercado de trabalho em termos de competências requeridas na área de geoprocessamento bem como mostrar que a Inteligência Geográfica é um diferencial competitivo real e atual. “As indústrias privadas e o governo já entenderam que a Inteligência Geográfica promove eficiência e retorno de investimento, e cada vez mais estão buscando profissionais com competências para alavancar a inserção da dimensão espacial nos seus processos técnicos ou de gestão”, disse Gabriela.
 
Em seguida, Pablo Lira falou sobre “Geotecnologias no campo da segurança pública brasileira”, e mostrou a importância da utilização da dimensão espacial para o planejamento e o monitoramento das ações de segurança pública em áreas urbanas.
No período da tarde, as atividades foram voltadas para gestores e demais profissionais da área. Lúcio Graça apresentou a palestra “GIS como plataforma para IDE”; Humberto Fligliuolo abordou os “Geoindicadores na gestão pública”; e Marcilene Favarato falou sobre o “Novo Geoweb Vitória”, em uma palestra que explicou que 80% das funções de uma prefeitura utilizam informações de geoprocessamento.
 
A última apresentação do dia foi realizada por Leandro Feitoza, Hideko Nagatani e Wagner de Oliveira sobre o tema “Rede Colaborativa de bases geoespaciais do Espírito Santo – Geobases.”
 
A programação do evento contou ainda com workshops apresentados por alunos do curso de Geoprocessamento. Um dos trabalhos, o Geoweb, tem como objetivo democratizar as informações da Geografia do estado, buscando escolas, igrejas, comércios, entre outros cadastrados na prefeitura da cidade. O Geoweb foi desenvolvido pela professora do campus, Claudinete Vicente, e apresentado pelas alunas Micaela Candce, Rayane Gama Botero, Mirella Mille e Daiane Henriques.
 
Outro projeto sobre ArcGIS, tem como principal meta a espacialização de informações, e pode ser usado por empresas e pessoas físicas. O trabalho foi apresentado por Michely Alves, Jessica Costa e Ramon Bugeli.
 
IMG_0423.JPGIMG_0407.JPG